Notícias AMPRS

Procurador de Justiça Carlos Eduardo Vieira da Cunha recebe Medalha do Mérito Farroupilha

Publicado em 12-12-2019



Na noite desta quarta-feira, 11 de dezembro, autoridades, familiares e membros do Ministério Público compareceram à Assembleia Legislativa do Estado para a entrega da Medalha do Mérito Farroupilha ao procurador de Justiça Carlos Eduardo Vieira da Cunha. A homenagem foi proposta pelo deputado estadual Gerson Burmann (PDT). Emocionado, Carlos Eduardo dedicou a honraria à mãe, à esposa e ao tio. Na solenidade, a presidente da AMP/RS, Martha Beltrame, e o vice-presidente administrativo e financeiro, João Ricardo Santos Tavares, representaram a entidade. 

Criada em 1995, a Medalha do Mérito Farroupilha é a distinção máxima da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e destina-se a pessoas que contribuíram para o desenvolvimento econômico, social ou cultural do estado.

Sobre Carlos Eduardo Vieira da Cunha:

Nascido em 31 de março de 1960, em Cachoeira do Sul (RS), Carlos Eduardo Vieira da Cunha esboçava desde cedo perfil de liderança política. Aos 15 anos, na Capital, presidiu o grêmio estudantil do Colégio Anchieta. Aos 19, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul - onde se formou em Direito - presidiu o Centro Acadêmico André da Rocha. A partir de 1981, influenciado pela liderança de Leonel Brizola, filiou-se ao PDT. Três anos mais tarde, elegeu-se como presidente da Juventude Socialista do PDT. Em 1986, ingressou como procurador no Ministério Público e foi eleito vereador de Porto Alegre por dois mandatos.

Como deputado estadual, eleito em 1994, assumiu o cargo por três períodos. No último deles, foi o relator da CPI da Segurança Pública e presidiu a Assembleia Legislativa gaúcha. Em 2006, Vieira da Cunha passa a ser deputado federal. Na Câmara Federal, liderou a bancada do PDT e foi presidente das Comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional e de Seguridade Social e Família. Também exerceu a função de primeiro vice-presidente nacional do PDT, presidente do PDT de Porto Alegre e vice-presidente da organização Internacional Socialista.

Além disso, em 2014, concorreu ao cargo de governador do Estado e, convidado pelo eleito José Ivo Sartori, assumiu a Secretaria Estadual da Educação. Neste cargo, trabalhou até junho de 2016, quando reassumiu as funções de procurador de Justiça no MP.

vieira_da_cunha_1.jpegvieira_da_cunha_2.jpegvieira_da_cunha_3.jpeg