Notícias AMPRS

Diretoria da AMP/RS acompanha posse do Conselho Superior do Ministério Público

Publicado em 03-08-2020



Na manhã desta segunda-feira, 3 de agosto, a presidente da Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS), Martha Beltrame, e o vice-presidente Administrativo e Financeiro, João Ricardo Santos Tavares, participaram da Sessão Solene de posse dos membros do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) para a gestão 2020/2022. Na ocasião, foram empossados os coordenadores das Procuradorias de Justiça Criminal, Cível e com Atuação Especializada em Infância, Juventude, Educação, Família e Sucessões. A sessão foi presidida pelo procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen.

Foram empossados no CSMP os procuradores de Justiça Roberto Varalo Inácio, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, Armando Antônio Lotti e Ricardo da Silva Valdez, além dos suplentes Sônia Eleni Corrêa, Airton Aloísio Michels, Ricardo Vaz Seelig e Ieda Husek Wolff.

Também tomaram posse Fábio Roque Sbardellotto, reconduzido como coordenador da Criminal, e seu substituto Silvio Miranda Munhoz; e Ricardo da Silva Valdez, como coordenador da Cível e Altamir Francisco Arroque como substituto. Na Procuradoria de Justiça com Atuação Especializada em Infância, Juventude, Educação, Família e Sucessões, a coordenadora Marisa Lara Adami da Silva foi reconduzida e Margarida Teixeira de Moraes tomou posse como substituta.

A procuradora Sara Duarte Schütz fez a saudação aos empossados em nome do Órgão Especial. Lembrando as dificuldades enfrentadas desde março deste ano, a procuradora destacou que à despeito da pandemia imposta, o Ministério Público está utilizando plenamente os recursos tecnológicos e inovando corajosamente sua atuação, visando a mitigar a ausência presencial nos atos processuais e extraprocessuais que assim exigem, trabalho que sempre exerceu com efetividade. “Não esmorecemos diante da nova realidade e este momento somente vem indicar que permanecemos essenciais, inflexíveis na busca do cumprimento da lei e dos nossos desígnios de instituição defensiva da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses e direitos sociais e individuais indisponíveis”, disse ela.

Falando em nome dos empossados, o procurador Roberto Varalo Inácio ressaltou que o Ministério Público gaúcho tem dado inequívocas demonstrações, neste período conturbado, de que permanece atento no cumprimento de suas relevantes atribuições. “Ainda que as exigências de distanciamento social nos tenham apresentado um novo formato de trabalho, de modo remoto – e a ele estamos nos adaptando –, a instituição tem sido firme nas suas mais variadas áreas de atuação, valendo destacar, naquilo que diz diretamente com os efeitos da pandemia”, disse, destacando as mais de 12 mil inserções na imprensa, desde o início da pandemia, sobre a atuação da Instituição.

Em sua manifestação, o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, agradeceu aos colegas que colocaram seus nomes à disposição para integrar o Conselho Superior representando o Órgão Especial. “O Conselho está sempre atento e sempre influenciando diretamente na vida, no coração, no pulsar da atuação administrativa e de atividade fim da Instituição. Tem uma importância muito grande. E nós todos temos avançado, inclusive agora, com muito trabalho de forma virtual, o que não impediu que o CSMP continuasse a andar e cumprir sua missão com muita eficiência”, disse o PGJ.

Estiveram presentes à sessão solene o corregedor-geral do MPRS, Ivan Saraiva Melgare; o subcorregedor Marcelo Liscio Pedrotti; os subprocuradores-gerais de Justiça Jacqueline Fagundes Rosenfeld, Marcelo Lemos Dornelles e Sérgio Hiane Harris; os procuradores de Justiça Sergio Guimarães Britto, Claudio Domingos Mastrangelo Coelho, Luiz Carlos Ziomkowski, Maria Ignez Franco Santos, Luiz Cláudio Varela Coelho, Irene Soares Quadros, Juan Carlos Duran, Antonio Carlos de Avelar Bastos, Roberto Bandeira Pereira, Jussara Maria Lahude, Gilmar Possa Maroneze, Simone Mariano da Rocha, Keller Dornelles Clós, Synara Jacques Buttelli Goelzer, Alexandre Lipp João, Alceu Schoeller de Moraes, Angela Salton Rotunno e Dirce Carvalho Soler.