Notícias AMPRS

Diretoria Executiva recebe livro de Marcelo Tubino Vieira

Publicado em 20-01-2021



No final da manhã desta quarta-feira, 20 de janeiro, o promotor de Justiça Marcelo Tubino Vieira visitou o presidente da Associação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (AMP/RS), João Ricardo Santos Tavares, e o vice-presidente de Núcleos, Fernando Andrade Alves, para entrega de seu primeiro livro, “Justiça e Neurociências: por que punir?”. O prefácio da publicação é de autoria do procurador de Justiça e Mestre em Direito Mauro Henrique Renner.

A obra trata de questões como a eficiência do sistema penal, a teoria da mente, a intuição, as causas da violência, o perfil criminoso e a visão econômica do crime, tudo sob a luz das neurociências.

Segundo o autor, o livro alinha os ensinamentos das neurociências com questionamentos que a Justiça Penal já faz há bastante tempo. O promotor destaca a premência de se conhecer o funcionamento do cérebro e, em consequência, dos possíveis diferentes comportamentos, a fim de detectar o ato criminoso.

“Estudar como o criminoso se porta em situações do contexto apresentado, as peculiaridades do comportamento desviante, as causas da conduta, ou seja, a experiência, são elementos inafastáveis do conhecimento. A visão sistêmica do papel da Justiça deve estar presente em todos os operadores do Direito”, avalia.

A obra pode ser adquirida pelo WhatsApp (51) 99608-1414, com Mariana. A versão digital está disponível nas plataformas: Google Livros e Amazon.

Sobre o autor:
Marcelo Tubino Vieira é promotor de Justiça desde 2002. Ao ingressar na carreira, passou pelas comarcas de Camaquã, Portão, Estância Velha, São Gabriel e Alvorada (Promotoria do Júri) e no Núcleo de Combate à Lavagem de Capitais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), órgão do Ministério Público. Atualmente, coordena o Núcleo de Inteligência do Ministério Público (NIMP) do Estado do Rio Grande do Sul.
livrodemarcelotubino.jpeg