Notícias AMPRS

Divulgados os ganhadores da 21ª edição do Prêmio de Jornalismo do MPRS

Publicado em 26-11-2019



A premiação, que conta com o patrocínio da AMP/RS, ocorrerá no dia 12 de dezembro

Na quinta-feira, 21 de novembro, foram divulgados os trabalhos vencedores do 21º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Sul. Após análise de 58 matérias, os jurados definiram os primeiros e segundos lugares das seis categorias da competição. Foram escolhidos trabalhos que destacam a atuação do MP na área de: segurança pública; sustentabilidade; proteção social; combate à corrupção; saúde e educação. Desde a primeira edição, em 1998, o evento conta com o patrocínio da Associação do Ministério Público (AMP/RS) e da Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP).

Para a presidente da AMP/RS, Martha Beltrame, a relação do Ministério Público com a imprensa deve ser estreita, pois acredita que o trabalho de ambos se complementa na busca da garantia dos direitos dos cidadãos. “Ao longo destes vinte e um anos sempre apoiamos esta iniciativa que visa reconhecer, valorizar e estimular o trabalho da imprensa ao dar voz à atuação de promotores e procuradores de Justiça. O jornalismo realizado com ética, responsabilidade e comprometido com a verdade nos representa”, destaca Martha Beltrame.

CONFIRA OS VENCEDORES:

Proteção Social

1º lugar: Aline Custódio (Zero Hora)

2º lugar: Adriana Irion (Zero Hora)

 Segurança Pública

1º lugar: Geórgia Santos (Vós – Pessoas no Plural)

2º lugar: José Luis Costa, Carlos Rollsing, Amanda Munhoz e Leonardo Oliveira (GaúchaZH e Zero Hora)

Defesa do Patrimônio Público

1º lugar: Giovani Grizotti, Dalmir Pinto, Toni Marques, Andressa Pesce e Alexandre Rodrigues (RBS TV, TV Globo, Fantástico, RBS Notícias)

2º lugar: Pedro Piccoli Garcia (Gazeta do Sul)

Saúde e Educação

1º lugar: Melissa Costa, Rogério Savian e Mauri Toni Dandel (Diário da Encosta da Serra)

2º lugar: Pâmela Rubin Matge (Diário de Santa Maria)

Sustentabilidade

1º lugar: Cid Martins e Vitor Rosa (Rádio Gaúcha)

2º lugar: Aline Custódio e Gabriel Jacobsen (Zero Hora)

Reportagem Universitária

1º lugar: Wagner Abreu, Bruno Lara da Silva, Cintia Borba dos Santos, Evelyn Lucena Alves, Leandro Júnior Gonçalves Leopoldo, Vinicios Brauner Vanoni (Faculdade São Francisco de Assis)

2º lugar: Luana Machado Rosales e Caroline Santos dos Santos Tentardini (Beta Redação – Unisinos)

Sobre o Prêmio:

Criado em 1998, o Prêmio de Jornalismo Ministério Público do Rio Grande do Sul nasceu durante um período de consolidação da instituição, após a Constituição Federal de 1988. A chamada Constituição Cidadã, dedicou um capítulo próprio ao Ministério Público, declarando-o como instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

Diante de tal contexto histórico, com objetivo de estimular a publicação de reportagens que divulgassem as ações de promotores e procuradores de Justiça, a Administração Superior do Ministério Público lançou a primeira edição do Prêmio Jornalismo, em parceria com a Associação do Ministério Público e com a Fundação Escola do Ministério Público.

Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Sul