Notícias AMPRS

Grupo Literário de outubro recebe o escritor gaúcho Henrique Schneider

Publicado em 31-10-2019



No encontro foi debatida a obra “Setenta”, vencedora na categoria romance no Prêmio Paraná de Literatura

Na noite desta quinta-feira, 31 de outubro, a AMP/RS foi ponto de encontro para o Grupo Literário do mês. Nesta edição, o destaque foi a presença do escritor Henrique Schneider, autor de “Setenta”, vencedora na categoria romance no Prêmio Paraná de Literatura de 2017. No ano seguinte, a obra foi publicada pela editora Biblioteca Paraná – esta edição não foi comercializada, apenas distribuída em bibliotecas, como parte do prêmio. A segunda edição foi publicada pela editora Dublinense.

O livro traz a história de Raul, um bancário de 25 anos que é preso ao ser confundido com um militante na década de 1970. Na prisão, ele é forçado a confessar algo que não sabe. Então, o jogo vira, e ele passa a viver o que de mais terrível aconteceu no Brasil nos anos de chumbo.

Na ocasião, o autor comentou sobre a pesquisa que realizou para escrever o livro e relatou sua trajetória literária. Houve, ainda, um debate para promover a reflexão sobre os tempos da ditadura militar. Para a diretora cultural da AMP/RS, Angela Dal Pos, o evento reforçou em todos a convicção da importância do Estado democrático de direito para a garantia dos direitos e liberdades individuais, independentemente do posicionamento político-partidário. “Sempre enriquece poder falar diretamente com o autor sobre seu livro e o processo criativo, tirar dúvidas e questionar posicionamentos”, destacou. Ao final, Henrique Schneider autografou os livros dos participantes.

Mais sobre o escritor:
Henrique Schneider nasceu em 1963, na cidade de Novo Hamburgo (RS). É autor de vários livros, entre eles, “O Grito dos mudos” (vencedor do Prêmio Maurício Rosemblatt de Romance), “Contramão’ (finalista do Prêmio Jabuti), “Respeitável público” e a coletânea “A vida é breve e passa ao lado”. Por 15 anos, escreveu a coluna semanal de contos “Vida breve” no jornal gaúcho ABC Domingo. Entre 2007 e 2016, com apoio da Universidade Feevale, realizou o Projeto de Leituras Feevale — Contos da Vida Breve, fazendo leituras públicas e gratuitas de seus contos.

whatsapp_image_2019-11-01_at_11.47.59_1.jpeg