Notícias AMPRS

Empossados novos integrantes do Órgão Especial do Colégio de Procuradores

Publicado em 03-07-2018



A diretoria da AMP/RS, representada pelo presidente Sérgio Harris e pelos vice-presidentes Martha Beltrame e João Ricardo Tavares, prestigiou, na tarde desta segunda-feira (2/06), a sessão solene realizada no Auditório Marcelo Dario Muñoz Küfner e presidida pelo procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, na qual tomaram posse os doze titulares e doze suplentes que passam a integrar o Órgão Especial do Colégio de Procuradores entre 2018 e 2020.

Após a abertura da sessão e leitura do termo, pela promotora-assessora Martha Weiss Jung, tomaram posse, como titulares, os procuradores Fábio Roque Sbardellotto, Alexandre Lipp João, Simone Mariano da Rocha, Carlos Eduardo Vieira da Cunha, Elaine Fayet Lorenzon Schaly, Gilberto Antônio Montanari, Alceu Schoeller de Moraes, Cesar Luis de Araújo Faccioli, Altamir Francisco Arroque, Daniel Sperb Rubin e Jussara Maria Lahude. Eleito também como titular, o procurador Ubaldo Alexandre Licks Flores não pode comparecer.
Como suplentes, assinaram o termo os procuradores Lisiane Del Pino, Ana Maria Schinestsck, Keller Dornelles Clós, Dirce Carvalho Soler, Luiz Fernando Calil de Freitas, Ana Rita Nascimento Schinestsck, Christianne Pilla Caminha e Maria de Fátima Dias Ávila. Também são suplentes, mas não puderam comparecer na sessão os procuradores Veleda Maria Dobke, Júlio César Pereira da Silva, Denise Maria Netto Duarte e José Túlio Barbosa. (Confira, aqui, a Galeria de Imagens )

POSSE DE PROCURADORES DE JUSTIÇA capa.jpgEm seguida, foram empossados Luís Antônio Minotto Portela e Luciano Pretto como procuradores de Justiça. Eles firmaram o termo de posse e receberam a portaria de nomeação das mãos do PGJ.






SAUDAÇÃO Coube à procuradora de Justiça Jacqueline Fagundes Rosenfeld fazer a saudação aos novos integrantes do Órgão Especial, bem como aos novos procuradores de Justiça. Em sua fala, classificou a sessão solene como mais um “rito de passagem”, em que o colegiado “recebe novos membros com larga experiência dentro da Instituição”. Segundo ela, com a posse dos novos integrantes do Órgão Especial, “os valores que se agregam a este colegiado são imensuráveis, já que são pessoas que cuidam da nossa Instituição, quer nos processos, quer na administração”. Em seguida, fez um breve relato dos currículos de Luís Antônio Minotto Portela e Luciano Pretto e afirmou que os mesmos terão “uma outra visão de Ministério Público, agora no 2º Grau, mas de igual importância e necessidade”.
CURRÍCULO DOS NOVOS PROCURADORES
Falando em nome dos empossados, o procurador Fábio Roque Sbardellotto traçou um paralelo entre o Ministério Público do passado e o atual. Em relação aos novos procuradores de Justiça, destacou que trabalhou com Luciano Preto, na comarca de Carazinho, logo após o advento da Constituição Federal, na época de “árduos tempos do Ministério Público”. Já em relação à Luís Antônio Minotto Portela disse ser ele “um colega aguerrido, destemido, idealista e respeitado, que dignifica a Instituição”.

Fábio Roque Sbardellotto destacou que o momento atual do país é complicado, mas o Ministério Público segue firme e protagonista em defesa dos direitos da sociedade. “Hoje é o momento de celebrar e reavivar a força que nos trouxe até aqui, representada pela experiência de cada um de nós, em nome dos interesses maiores da sociedade e de nossa Instituição”, frisou.

IMPORTÂNCIA DO ÓRGÃO ESPECIAL
Por último, o Procurador-Geral de Justiça abordou a importância do trabalho do Órgão Especial do Colégio de Procuradores e dos novos integrantes do colegiado. De acordo com ele, o colegiado toma decisões importantes para a instituição “sopesando a experiência dos 12 colegas mais antigos da carreira aliada aos 12 que são eleitos e hoje empossados”. Fabiano Dallazen também agradeceu aos procuradores de Justiça que atuaram no Órgão Especial durante os dois últimos anos e desejou um bom trabalho aos que tomaram posse.
PRESENÇAS
Prestigiaram as posses o corregedor-geral do MP, Ivan Saraiva Melgaré; os subprocuradores-gerais de Justiça Cesar Faccioli, Benhur Biancon Junior, Ana Petrucci e Marcelo Dornelles; o subcorregedor-geral do Ministério Público, Marcelo Pedrotti; o chefe de Gabinete e secretário-geral do MP, Júlio Melo; o presidente da AMP/RS, Sérgio Harris; os vice-presidentes da entidade Martha Beltrame e João Ricardo Tavares, o deputado Jeferson Fernandes; promotores, procuradores, servidores do MP e familiares dos empossados.
ELEIÇÃO PARA O CONSELHO SUPERIOR
Após a sessão solene de posse dos integrantes do Órgão Especial, ocorreu, na sala dos Órgãos Colegiados, sessão ordinária, já com sua nova composição, para eleger quatro procuradores de Justiça como titulares, e quatro como suplentes, para comporem o Conselho Superior do Ministério Público entre 2018 e 2020.

Foram eleitos, como titulares: Armando Antônio Lotti, com 23 votos; Cláudio Barros Silva, com 21 votos; Roberto Varalo Inácio, com 21 votos; e Silvio Miranda Munhoz, com 15 votos. Na condição de suplentes foram eleitos: Altamir Francisco Arroque, com 8 votos; Carlos Eduardo Vieira da Cunha, com 7 votos; Dirce Carvalho Soler, com 4 votos; e Veleda Maria Dobke, com 2 votos.