Notícias AMPRS

MP lança campanha contra compartilhamento de imagens íntimas de crianças e adolescentes nas redes sociais

Publicado em 31-10-2017



Em evento realizado em uma das salas de cinema do GNC Praia de Belas, foi lançada nesta terça-feira (31) a campanha do Ministério Público “Quando uma imagem vira pesadelo”. O evento reuniu convidados para a exibição de um filme publicitário, primeiro produto da campanha. A vice-presidente da AMP/RS Martha Beltrame representou a entidade de classe. Assista ao vídeo no link acima.

nudes2.jpgProduzida por alunos da ESPM de Porto Alegre, a peça, de um minuto de duração, aborda a prevenção à postagem e ao compartilhamento de imagens íntimas de crianças e adolescentes, marcando o início das ações do projeto. Após assistir ao vídeo, o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen agradeceu o apoio de todos os parceiros da campanha, entre eles o GNC Cinemas - que irá exibir a peça antes dos filmes - e reiterou a necessidade de que toda a sociedade se envolva e aborde o tema, considerado de fundamental importância para os adolescentes e suas famílias. “Esses 60 segundos falam por si e atendem a nossa proposta inicial, ou seja, colocar o assunto em pauta, conduzir à reflexão. Essa geração, que já nasce conectada, traz consigo a impulsividade e a pouca experiência, características da idade, que os impede de avaliar corretamente a consequência dos seus atos e decisões. Por isso, precisamos da atenção constante de pais e responsáveis, representantes de outra geração, aquela que não nasceu conectada e está tendo que aprender a conviver com essa nova realidade na sua vida e na vida dos filhos”, ressaltou o PGJ.

TEMA URGENTE
nudes4.jpgA coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Infância, Juventude, Educação, Família e Sucessões, Denise Villela, explicou aos presentes as motivações da Promotoria da Infância e da Juventude ao propor e desenvolver a campanha. "Cansamos de receber, aqui na Promotoria, meninas em desespero, mutiladas, ou que tentaram suicídio por terem enviado fotos íntimas que vazaram e se alastraram por grupos de Whatsapp ou redes sociais. "As famílias, nessas condições, se sentem devastadas, muitas vezes tendo que mudar de cidade ou de escola. O Ministério Público entendeu que era hora de fazer uma campanha de prevenção. A culpa nunca é da vítima, mas é importante falar com os pais e com os adolescentes, precisamos evitar outras tragédias. É um tema urgente!", explicou a promotora.

ESFORÇO NA PREVENÇÃO
nudes3.jpgO promotor de Justiça da Infância e da Juventude Júlio Almeida explicou que a campanha foi desenvolvida pelo CAO Infância em parceria com a Assessoria de Imagem do Ministério Público e, ao longo de seu desenvolvimento, ganhou o apoio fundamental da ESPM, através da Agência Júnior de Comunicação, contratada com recursos oriundos de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Júlio Almeida agradeceu, ainda, a participação dos estudantes envolvidos no projeto de criação e produção, dos professores e diretores da ESPM e da atriz, Priscilla Bomfim Lopes, de 14 anos, que prestigiou o evento, acompanhada dos pais. A adolescente obteve autorização judicial, como prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), para atuar no filme. “Essa campanha, que tem início hoje com a exibição do vídeo, é uma demonstração de que o Ministério Público pretende, cada vez mais, trabalhar na prevenção. Nós, que trabalhamos na Infância e Juventude, no ato infracional, na proteção, no acolhimento, na saúde ou na educação, acompanhamos mais de perto os efeitos devastadores do vazamento de uma imagem, que afeta o adolescente sob todos esses aspectos. O bullying na escola, a necessidade de acompanhamento médico, tudo está interligado e, por isso, prevenir é fundamental”, concluiu o promotor.

Além da veiculação nos cinemas da rede GNC, o filme será exibido nos intervalos comerciais da RBS TV e em redes sociais. O próximo passo será o lançamento de um cronograma de ações que abordarão este e outros temas relacionados à proteção da infância e juventude.

PRESENÇAS
nudes1.jpg Também estiveram presentes ao lançamento da campanha o corregedor-geral do Ministério Público, Ivan Saraiva Melgaré; o chefe de gabinete do PGJ e secretário-geral do MP, Júlio Cesar de Melo; os promotores-assessores Mauro Souza e Clovis Bonetti; os promotores de Justiça da Infância e da Juventude Inglacir Delavedova, Cinara Vianna Dutra Braga e Danielle Bolzan; o promotor de Justiça da Promotoria do Torcedor, Marcio Bressani; e o coordenador administrativo do Gabinete de Assessoramento Técnico do MP, Cléber Müller.


CONVIDADOS E PARCEIROS DO PROJETO

Entre os convidados e parceiros da campanha, prestigiaram o evento o chefe de Polícia do Estado, Emerson Wendt; a diretora do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), Adriana da Costa; a delegada do Deca, Laura Lopes; a juíza-corregedora Andréa Rezende Russo (representando TJ); o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Enrico Rodrigues de Freitas (representando o MPF); a representante da Comissão da Criança e do Adolescente da OAB, Letícia da Silva Magalhães; o diretor de Operações da ESPM Sul, Max Lascher; o diretor do curso de graduação de Publicidade e Propaganda da ESPM Sul, Alessandro Souza; o coordenador acadêmico dos Estúdios de Rádio, Televisão e Cinema da ESPM Sul, Douglas Rene Barra; a diretora dos cursos de extensão da Indústria Criativa e coordenadora dos estúdios de rádio, televisão e cinema da CO.DE/ áudio e vídeo, Anny Baggiotto; o gerente-geral do GNC Praia de BELAS, Julio Cesar Cardoso; o diretor da Classimarketing, Flavio Difini Leite; a vereadora de Porto Alegre, comandante Nádia Gerhard (representando o Legislativo Municipal); o secretário-geral do Sport Club Internacional, Mauri Luiz da Silva; e o diretor de Marketing do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, Carlos Alberto Carvalho Filho.